ERP moderno e amigável, fácil de operar.

 

Com o MarkupEmpresa você gerencia seu negócio de maneira fácil e rápida.

 

Como fazer o planejamento estratégico

Abrir uma empresa não é uma tarefa das mais fáceis, tem toda aquela burocracia, fornecedores com prazos de pagamento apertados para empresas novas no mercado, bancos com um milhão de restrições pelos mesmos motivos dos fornecedores, enfim, não é para qualquer um, mas calma, nada de desistir do seu sonho por causa desses 'detalhes'.

E é justamente por isso que nós elaboramos uma lista com apenas três tópicos para te ajudar nessa tarefa.

1- Para quem você quer vender?

Determine o mercado de atuação da sua empresa. Primeiro é preciso determinar quem e quantos são os seus concorrentes, e o mais importante, saber qual é o poder de fogo deles, porque como já falamos em outro post aqui no blog, de nada adianta você entrar num mercado bilionário se este mercado JÁ é dominado por players muito muito grandes.

Uma outra coisa que você precisa ter em mente é que não se pode querer abraçar o mundo com as pernas, de nada adianta ter um mercado muito amplo sem que possamos nos comunicar com seus compradores, por outro lado também é importante não estreitar muito esse mercado tentando entrar num nicho muito pequeno que pode ser economicamente inviável.

2- Qual é o propósito da sua marca?

Defina a missão, visão e os valores que sua empresa defende. E comunique isso aos seus colaboradores, eles precisam saber exatamente o que a empresa espera deles, qual a postura e atitudes eles devem adotar no dia a dia quando estiverem atendendo seus clientes.

Missão
Para saber qual é a missão da sua empresa comece fazendo uma auto análise, para entender o quê te trouxe até aqui, quais são as SUAS motivações. A missão de uma empresa começa sempre pela missão de vida de seus fundadores, e é isso que deverá nortear todas as ações da sua marca pelos anos vindouros, e você deve se esforçar ao máximo para fazer com que seus colaboradores saibam e entendam isso, começando pelo seu exemplo, porque VOCÊ é o líder e como tal deve inspirar seus seguidores, afinal eles farão parte dessa história de vida por todo o tempo em que estiverem na sua equipe..

Visão
A visão de uma marca nada mais é do que a maneira como ela entende o mercado onde está, e a partir daí sabe aonde pode chegar, e para isso tenha metas condizentes com o momento do mercado e com o SEU momento, nada de estipular metas inatingíveis, isso pode ser catastrófico e desmotivar você e sua equipe logo nos primeiros meses de trabalho. Mantenha os pés no chão mas os olhos no alto, para não perder o foco.

Valores
Eles precisam estar em sintonia com sua missão e sua visão pois são eles que alicerçam todo o resto, valores são diretrizes que  ajudam a tomar decisões acertadas sem muita enrolação e de forma ágil. E só para reforçar, sua equipe PRECISA saber que valores são esses e precisa replicá-los nas ações cotidianas da empresa, uma forma de tornar isso um comportamento automático é fazer com que se torne um hábito, bons hábitos são grandes ferramentas que te ajudam na hora do jogo, é quando sua equipe atua sincronizada, quase que jogando por música.

Dica de leitura: Para saber um pouco mais sobre como desenvolver hábitos poderosos vai uma dica de leitura do livro O PODER DO HÁBITO do Charles Duhigg, garanto que depois de ler, você nunca mais vai olhar para as suas ações diárias da mesma maneira.

3- Como organizar tudo?

Os setores
Ao olhar para a sua empresa você precisa enxergá-la em partes muito bem divididas, e essas partes nada mais são do que os departamentos que a compõe, tenha processos claros em cada um desses departamentos ou setores, esses processos podem evitar muita dor de cabeça na  rotina dos colaboradores e da administração, pois impedem que erros bobos aconteçam justamente porque não havia uma procedimento claro  durante a rotina. Dito isto, precisamos lembrar também que processos internos podem ser engessantes se forem muito burocráticos, então  tenha procedimentos padronizados MAS não perca a flexibilidade implementando etapas infindáveis dentro de cada setor da empresa.

A equipe
Analise sua equipe e tenha critérios de classificação para poder posicionar seus colaboradores nos times certos, lendo a biografia de Jeck Welch, ex Ceo da General Eletric, uma estratégia deles era ter três times de colaboradores, o time A, o time B e o C. No time A eles colocavam aqueles funcionários nos quais viam grande potencial e então, para estes eles ofereciam todas as oportunidades de crescimento e condições para que se desenvolvessem ainda mais, no time B eles alocavam o pessoal mediano que até demonstrava certo potencial mas precisavam ser muito lapidados e dirigidos para começarem a dar bons frutos.

Já para o time C iam todos os lentinhos, aquele pessoal que visivelmente não tinha condições nenhuma de produzir  grande coisa para a companhia, esses eles chamavam para conversar e diziam que infelizmente a empresa não podia oferecer as condições ideais para que pudessem aproveitar 'todo aquele potencial', e que infelizmente precisavam 'liberá-los' para que pudessem buscar uma oportunidade melhor, quem sabe até mesmo na concorrência, e então, ofereciam uma carta de recomendação ao sujeito...

Quanto custa o negócio?

O básico
Faça uma planilha, se ainda não puder contratar um bom sistema de gestão, com todos os custos fixos e variáveis da empresa, procure saber  como se dá a formação do preço de venda do seu produto, quais são as margens na venda de produtos ou serviços, qual é o índice de lucratividade e qual é a capacidade de geração de caixa que a empresa possui.

Quem é o cliente?

É preciso saber quem são seus clientes, onde estão, como consomem seus produtos e quais são as alternativas que eles tem, onde podem  encontrar exatamente o quê VOCÊ vende. Sabendo quem é a concorrência você poderá melhorar seus produtos ou serviços. 

Num mercado concorrido, pode ser que o seu grande diferencial esteja justamente na inércia do concorrente, se ele investe pouco em  propaganda, se ele tem um atendimento ruim ou pior, se a única arma que tem para negociar é o preço, significa que se você reforçar o  marketing, treinar a equipe para oferecer o melhor atendimento, você poderá fugir da guerra de preços, e deixar que seus concorrentes  se digladiem, brigando para saber quem vende mais barato enquanto você poderá cobrar mais, justamente porque as pessoas  QUEREM ser atendidas pela SUA empresa.

Não é só criando um super produto inovador que você pode criar um 'oceano azul'.

Seja O líder que eles esperam

Meta a mão na massa, você precisa entender TODO o processo, desde a entrada do cliente na empresa até a negociação com fornecedores. E saiba  como delegar tarefas as pessoas certas tendo o cuidado para não deixar um tolo com iniciativa tomar a frente em ações para as quais não tem a menor competência. Pior do que ter um incompetente na equipe é ter um incompetente com iniciativa. Lembre-se do tópico 3 - A equipe.

Reúna o time pelo menos uma vez por mês para avaliar o desempenho, MAS tome o cuidado para não fazer reuniões de três horas, sim isso existe, e ao final não ter nada decidido ou nada mensurado.

Reuniões são armas poderosas desde que planejadas da maneira correta, não tenha mais do que dois ou três tópicos para serem debatidos e mesmo tendo poucos assuntos, procure não se estender muito em cada um deles, seja objetivo. Sobre reuniões de equipe, uma boa estratégia é fazê-las para analisar tarefas ou metas que já foram concluídas ou que precisam ser reavaliadas, e tudo de forma rápida, 10 ou 15 minutos no máximo.

Por fim, ouça todo mundo, os clientes, sua equipe, os fornecedores, os concorrente MAS tenha em mente que o líder é VOCÊ, num ambiente colaborativo todas as opiniões são importantes mas devem ser processadas com assertividade.

Modernize a gestão do seu negócio

Para ter mais controle e uma visão mais clara sobre o seu fluxo de caixa implemente um sistema de gestão moderno e amigável na sua empresa. Conheça o MarkupEmpresaClique aqui e faça um teste por 10 dias sem compromisso.

Compartilhe

Receba dicas incríveis para bombar as vendas do seu negócio.

Topo