ERP moderno e amigável, fácil de operar.

 

Com o MarkupEmpresa você gerencia seu negócio de maneira fácil e rápida.

 

O que é gerenciamento de fluxo de caixa?

Uma das atividades mais importantes na administração de qualquer negócio é a gerenciamento do fluxo de caixa, mas sabemos que às vezes esta é missão complicada para quem precisa administrar uma pequena empresa. Quando um dos objetivos é neutralizar uma possível crise de liquidez, o planejamento financeiro (panejamento de caixa) é uma obrigação do gestor.

Problemas com o gerenciamento do fluxo de caixa é uma realidade na maioria das micro e pequenas empresas, e começam na inadimplência, indo parar no surgimento de imprevistos financeiros. Existe uma enorme gama de fatores que pode empurrar uma pequena empresa em direção a problemas financeiros e a gerenciamento ruim do fluxo de caixa é uma delas.

Em virtude desso, a finalidade do gerenciamento de fluxo de caixa é fornecer dados em tempo real para que se possa fazer uma boa projeção de saldo disponível visando sempre ter capital de giro necessário para suprir as despesas do negócio. Mas saiba que ter o controle sobre a movimentação de caixa pode ser bem menos trabalhos que possa parecer num primeiro momento. Veremos neste artigo como funciona o fluxo de caixa e como podemos fazer um gerenciamento adequado do negócio.

RELACIONADO: Como calcular Capital de Giro

Podemos definir gerenciamento do fluxo de caixa como um processo interno onde o gestor faz o monitoramento, a análise e a otimização dos valores existentes entre a entrada de receita e as despesas, ou seja, monitorar a entrada e saída de valores do caixa da empresa dentro de um período.

Essas são alguns dos pontos positivos do gerenciamento adequado do fluxo de caixa:

A- Prever riscos aos quais a empresa está sujeita;
B- Ter à mão o conjunto de informações sobre a situação financeira do negócio;
C- Identificar as oportunidades de investimento que se apresentam para a empresa;
D- Identificar as origens de possíveis turbulências no setor financeiro;
E- Também é possível usar essas informações para a criação de KPIs para medir o desempenho do negócio.

O principal objetivo do gerenciamento de fluxo de caixa é o de evitar a falta de recursos financeiros pode longos períodos no caixa da empresa, oriunda de uma diferença significativa entre as despesas e receitas do negócio.

Fatores que podem desencadear problemas no fluxo de caixa:

A- Eliminação de importantes fontes de receita;
B- Equívocos ao fazer as projeções financeiras do negócio;
C- Um modelo de negócios muito arriscado;
D- Grande índice de inadimplência;
E- Problemas de gerenciamento financeiro resultantes de investimentos ruins;
F-formação do preço de venda de produtos ou serviços.

Aqui enumeramos apenas alguns fatores que causam grande dificuldade no gerenciamento do fluxo de caixa de uma empresa. Ainda podemos enfatizar que os resultados de uma gerenciamento ruim quase sempre são devastadores para qualquer empresa. Incapacidade de realizar novos investimentos, insolvência indo até uma possível falência.

Aqui elencamos algumas sugestões que podem te ajudar a ter um bom gerenciamento no fluxo de caixa do seu negócio:

Temos uma grande variedade de soluções para as questões mais comuns do fluxo de caixa numa empresa. Começando por captar recursos na modalidade de empréstimos ou com investimentos de capital de risco, VentureCapital, lançar mão do faturamento ou até mesmo a antecipação de recebíveis para criar receita no curto prazo, dentre outras estratégias.

1- Não deixe de fazer todos os lançamentos da movimentação do fluxo de caixa

As movimentações e as declarações do fluxo de caixa visam rastrear as receitas e despesas de caixa do negócio, ligadas às suas respectivas operações, investimentos e atividades de financiamento.

Faça o lançamento diário de todos os compromissos no contas a pagar e todos os direitos no contas a receber. Procure fazer a projeção de recebimentos e dos pagamentos futuros para que dessa forma seja possível ter uma previsão da necessidade de mais capital de giro em situações deficitárias ou em oportunidades de investimentos quando a situação for superavitária.

Dessa forma, o importante é ter todas esses dados muito bem registrados e atualizados, visando evitar que informações obsoletas sejam usadas, acarretando mais problemas.

2- Tenha um bom sistema de gerenciamento financeira

Controle de fluxo de caixa é um processo que exige máxima atenção aos por menores, e isso se dá pelo fato de o gestor de pequenos negócios precisar lidar com muitas informações e situações ao mesmo tempo. Diante disso, quanto mais amigável e prático for o sistema de gerenciamento, melhor.

Até mesmo quem está habituado a lidar com as antigas planilhas pode perder dados importantes e cometer erros, e é neste ponto em que o sistema de gerenciamento ajuda tornando o processo muito mais rápido de descomplicado.

Um sistema para gerenciamento do fluxo de caixa facilita muito as análises de dados e na otimização dos processos internos da empresa, além de manter os dados organizados e devidamente estruturados, acabando com a necessidade daquela grande coleção de planilhas.

Os melhores sistemas de gerenciamento de fluxo de caixa ajudam enormemente no controle financeiro do negócio, permitindo que as informações sejam acessadas online.

3- Faça um bom controle de estoque

O estoque deve ser considerado como capital imobilizado, e isso quer dizer que não gera nenhum rendimento. Diante disso, grandes estoques sem uma boa projeção de giro, é prejudicial para a boa saúde financeira da empresa. E é por isso que o controle e gerenciamento adequados de estoque são importantíssimos para manter o fluxo de caixa.

4- Procure pagar as contas no dia do vencimento

Tenha certeza de que está pagando as contas no dia do vencimento, já que qualquer atraso no pagamento de contas pode gerar juros, isso ao longo do tempo acaba aumentando o custo do negócio. Mas ainda que as finanças estejam ajustadas, não pague as contas com muita antecedência. Prazos de 30 dias para o pagamento de faturas é interessante para o fluxo de caixa da empresa, mantém os valores em contas de investimento, preferencialmente.

Em resumo um bom gerenciamento do fluxo de caixa, poder ser o processo de monitoramento de quanto dinheiro entra e sai do caixa da empresa. Este controle auxilia na previsão de quanto recurso estará à disposição no futuro. Também ajuda a identificar o valor exato que o negócio deve dispôr para saldar as dívidas, fazer o pagamento da folha e dos fornecedores, dentre outras obrigações.

Para ter mais controle e uma visão mais clara sobre o seu fluxo de caixa implemente um sistema de gestão moderno e amigável na sua empresa. Conheça o MarkupEmpresaClique aqui e faça um teste por 10 dias sem compromisso.

Compartilhe

Receba dicas incríveis para bombar as vendas do seu negócio.

Topo